Projeto S

Depois do fim do RPM, Schiavon montou uma banda pop-rock de nome Projeto "S". Foi lançado apenas um álbum, com venda de 15 mil cópias, o que na época era considerado bom para um selo independente. 

Em 91 assinou com a gravadora Stilleto, especializada em dance music. Foi lançado um single com os vocais divididos entre a cantora Patrícia Coelho e o vocalista Tzaga Silos. Este single, de nome "Alice no País do Espelho" foi muito bem executado nas FMs do segmento, mas com a morte prematura aos 40 anos do amigo de Luiz e proprietário da gravadora, o inglês Lawrence, Schiavon preferiu interromper as gravações do álbum e encerrou a fase de trabalho com o Projeto S. 

Em 92 foi convidado a desenvolver um complexo trabalho de shows ao ar livre, mais ou menos nos moldes das apresentações do tecladista francês Jean-Michel Jarre, destinado a grandes platéias e com interferência nas cidades, utilizando elementos da arquitetura para projeções e estações de lasers. Este projeto durou 2 anos, patrocinado pelo Bamerindus, teve cerca de 40 apresentações por todo o sul do Brasil, de São Paulo ao Rio Grande do Sul, sempre com platéias acima de 10 mil pessoas, culminando com um show em Curitiba, na entrega do restaurado Palácio Avenida, para 50 mil espectadores. 

Com o final deste projeto, Luiz prefere deixar definitivamente os palcos. Passa então a se dedicar exclusivamente ao estúdio, montado em SP desde 1988. Por volta de 1994 começou o que acabou recebendo o apelido de "fábrica de hits". Foram músicas gravadas por dezenas de artistas, tanto consagrados quanto iniciantes. Até mesmo o ator Antonio Fagundes foi convencido a gravar um CD, lançado pela Som Livre. Paralelamente se dedica à criação publicitária, somando mais de 200 jingles e trilhas comerciais nos 2 ou 3 anos iniciais.





    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentarios :

  1. BOM DIA....GOSTARIA DE FAZER DOWNLOAD DA MÚSICA "AREIA QUENTE" DO PROJETO S...FICO NO AGUARDO. EMAIL PARA CONTATO brmazzei@gmail.com

    ResponderEliminar
  2. Luiz, você tem fotos com crédito divulgação ou autorizado pelo fotógrafo deste Projeto S?

    é para meu novo Livro MEB - parte 2. E gostaria de um depoimento seu de 3 a 5 linhas. Ok ok?

    ResponderEliminar